Top 3 Novos Cantores Nacionais

2

Em todas as vertentes da cultura, existe um certo ranço misturado com preconceito do povo brasileiro com os seus próprios conterrâneos. Volta e meia alguém abre a boca pra dizer ‘cinema brasileiro não presta’ ou ‘odeio música nacional, só ouço coisa de fora’. Talvez seja uma herança cultural de país de terceiro mundo, tão acostumado a reverenciar a cultura estrangeira, que acaba renegando o que é produzido aqui. Nem adianta negar, todo mundo tem um pouco disso. Mas é justamente para ampliar seus horizontes sonoros, e quem sabe te fazer começar a curtir a música brasileira, que fizemos uma seleção com três mocinhos jovens do nosso Brasil que estão começando agora a crescer e aparecer na mídia, mas já mostraram a que vieram com talento de gente grande. Já aumentou o volume? Então, abre a cabeça e vem comigo!

3- Silva

 

silva-obaoba

Ah, esse cara com esses olhinhos infantis… Na primeira vez que ouvi a  participação de Silva numa música de Clarice Falcão, a linda “Eu Me Lembro“, me apaixonei de cara pela voz suave e ao mesmo tempo aveludada que é a sua maior característica. Além de uma certa elegância, um certo toque de menino bem criado que ele tem. Olhando assim, parece mesmo que pisa forte na calçada pra não matar formiga. Mas ouça seu Claridão, disco de 2012 que está completo no seu próprio canal do Youtube, e do qual faz parte o clipe acima com Maria Flor (<3), e você vai entender tudo. Vai entender por que ele anda sendo tão aclamado pela crítica nacional por seus arranjos inovadores e sofisticados, por que vai participar do Lollapalooza 2014 e porque o Vista Pro Mar, que será lançado dia 17 de Março está sendo tão aguardado. Ah, o nome dele é Lúcio Silva Souza, mas já que a gente é íntimo, pode chamar de Silva mesmo.

2-Siba

 

SIBA-por-caroline-bittencourt

Calma, cara. Eu sei que os nomes são muito parecidos, mas garanto que os estilos e os moços, não. Claro, Siba está mais pra tiozão do que pra mocinho, com o perdão da palavra. Mas experiência nunca foi demérito de ninguém e, como dizem, panela velha é que faz música boa. Sendo assim, esse pernambucano sabe muito bem o que está fazendo desde a época do Mangue Beat, movimento do qual fez parte até migrar pro Maracatu e pra Ciranda junto com a banda Fuloresta do Samba. Pois é, tem espaço pra todos os ritmos e gêneros musicais no trabalho de Siba. Confesso que eu e ele ainda estamos nos conhecendo melhor, mas do que eu ouvi e senti até agora, gostei até o talo. A música do vídeo acima, “Preparando o Salto”, tem o tipo de letra que você precisa parar pra prestar atenção e nunca mais esquecer. Esse é o poder de Siba, que eu espero que continue reunindo gente à sua volta e seja ainda mais reconhecido nacionalmente do que já foi em 2012, quando figurou na lista de Melhores do Ano pela crítica especializada com Avante.  Visite o canal dele e nunca mais saia de lá, que é o melhor que você faz!

1- Johnny Hooker

 

216816_1947152993605_1085966911_32364463_3196476_n

Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito! Ok, eu não estou xingando você, leitor(a). Estou apenas citando o novo CD de Johnny Hooker que, ao que tudo indica, sai ainda esse ano. Você já deve ter ouvido falar desse boy (apenas para usar gírias recifenses), porque depois que ele apareceu atuando e cantando a música chiclete “Volta”, do clipe acima, em Tatuagem, filme nacional bombadíssimo no ano passado, todo mundo pareceu enlouquecer por Johnny Hooker. E aí foram trinta e sete entrevistas, dezoito ensaios, vinte e nove matérias, doze vídeos no YouTube e mil centro e trinta e nove compartilhamentos de músicas dele no meu feed do Facebook. (números completamente fictícios, embora os do Facebook talvez estejam certos). É que o sotaque recifense, a batida meio brega, meio pop, meio indie, mas inteiramente viciante das canções e essa personalidade toda que transborda de maquiagem e carão nas performances ao vivo conquistam qualquer pessoa. Johnny causa exatamente o tipo de amor que fala em suas letras: fulminante, maldito, mas inesquecível. Do tipo que dá vontade de jogar as fotos e discos no mar, mas só se for pra catar tudo de volta depois. Ouça “Só Pra Ser Teu Homem” e “Alma Sebosa” depois assine o canal dele, fuce a internet até achar as coisas da época da Candeias Rock City e fique muito ansioso(a) pela sua participação na próxima novela das 19h da Globo, Geração Brasil. Aliás, eu nem preciso falar nada disso, porque depois de ouvir “Volta”, você provavelmente já vai se apaixonar sozinho, sem ninguém mandar, que é o único jeito que presta. Maldito Johnny Hooker. Maldito.


Share.

About Author

Se escrever sobre o que gosta sem saber se as outras pessoas vão ler é ser blogueira, ela sempre foi uma. Além disso, admite ser uma crazy cat lady, viciada em todos os tipos de seriados, livros modinha e só come peixe se ele estiver bem cru. Acredita que exista amor em Recife, mas vive em um eterno romance com o Rio de Janeiro. Escreve nos blogs: http://paranaofaltaramor.blogspot.com.br/ http://shutupgabee.wordpress.com/

2 Comentários

  1. Oi Gabi
    Eu adoraria ouvir mais música nacional, mas eu tenho um sério um problema de não gostar dos artistas novos ou os velhos que só vão aparecendo na mídia agora. Eu não gosto de MPB e os novos artistas são todos assim, hahaha. Acabo sempre ouvindo as mesmas coisas.

    Dos vídeos do post, só consegui ver o do iSilva. Adorei e já me inscrevi no canal. Vou ouvi-lo mais.

    Vou ouvir os meus conterraneos pernambucanos logo em seguida. Obrigada pelas dicas <3

    • Gabi Machado on

      Oi, Gabi! Fico feliz que você tenha curtido as dicas. <3
      Recomendo os três moços porque eles são nota mil.
      Bjos

Leave A Reply